domingo, 15 de abril de 2012

PREVENÇÃO RODOVIÁRIA

No dia 10 de abril, primeiro dia de aulas do 3º período, tínhamos à nossa espera, na escola, os senhores agentes da Escola Segura. Já tinham montado no pátio da escola um circuito com muitos carrinhos a pedal, sinais de trânsito, semáforos e passadeiras. Quando chegou a nossa vez o senhor Lopes relembrou-nos as regras e os sinais de trânsito e depois foi só pôr em prática o que sabíamos. Todos fomos condutores e peões, pois ambos têm regras a cumprir. Foi muito divertido!



video
Depois de realizarmos o circuito, fizemos desenhos e algumas quadras.












Tenho de ir devagar
E tenho sempre de olhar
Sempre, sempre com cuidado
Para um peão não atropelar.

Os sinais de trânsito são para cumprir,
Quando andamos de carro é para divertir
Esteja frio ou calor eu vou andar
Mas, para lá chegar o sinal de trânsito vou encontrar.

Os senhores polícias
Vieram-nos visitar
Com muitos sinais
Não vamos esbarrar!

Quando a rua atravessar
Paro para escutar e olhar
Se nenhum carro avistar
Em segurança posso passar.

O vermelho manda os carros parar
E os peões podem andar
Os carros não os magoam
E também os respeitam.

terça-feira, 10 de abril de 2012

PÁSCOA

Para comemorarmos a semana da Páscoa, na sala de aula, lemos a história "Para onde foram os ovos da galinha Paulina?", explorámos a história e fizemos uma ficha sobre este livro.








Também pintámos um grande coelho da Páscoa, elaborámos um marcador de livros com um coelhito e fizemos algumas poesias. A professora ofereceu-nos um embrulho com amêndoas e um ovinho de chocolate e nós completámos com a cabeça de um coelho.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

DIA DO PAI

O Dia do Pai celebra-se no dia 19 de março, dia de São José, neste dia todas as crianças têm como tradição relembrar este dia com muito amor e carinho. Também a nossa turma quis fazer uma pequena homenagem a todos os pais. Para tal, fizémos acrósticos e uma pequena lembrança para oferecer aos pais.















Acrósticos do “Dia do Pai”

O Pai é o melhor

Meu melhor amigo
E quando se zanga
Um abraço lhe vou dar

Porque se zanga? Quer-me educar.
Ai, o que era de mim sem
tI. És o melhor!




Diogo Ceia

O meu Pai é o meu herói

Muito gosta de me pregar partidas e de brincar
É o meu melhor amigo
Um pouco desastrado.

Pois é muito fã dos chocolates
Amor tem ele no seu coração
Importante é ele para mim!



Bárbara Paiva

O meu Pai é fantástico.

Meu amigo desde sempre,
É o meu melhor amigo
Um beijinho lhe vou dar.

Pai, quando ficas irritado és giro.
Adoro-te até dizer chega.
Imagino que fiques chateado quando me porto mal.



Francisca Matos


quarta-feira, 4 de abril de 2012

FUNDAÇÃO ROBINSON

No dia 13 de março, a nossa turma foi visitar o museu que se situa no Convento de S. Francisco.

Vimos primeiro a exposição que mostrava várias peças de arte sacra da coleção Sequeira. Depois fomos para o altar principal da Igreja de S. Francisco, onde ouvimos a história desta igreja, visitámos ainda os vários altares e ficámos a conhecer como se restaura as peças de arte antigas.

Em cima de uma mesa estava um Cristo de madeira com 300 anos a ser restaurado, ficámos surpreendidos como a senhora conservadora realizava aquele trabalho de restauração.

A seguir fizémos a inauguração da Casa Pedagógica. Ah!! Todos levámos um livro ou um jogo para ficar naquele espaço.


video

A MAIOR FLOR DO MUNDO

O escritor José Saramago também escreveu uma história para crianças!
Então, antes de conhecermos a história escrita por este autor, vimos um filme de animação e em seguida respondemos ao desafio proposto e fomos nós os escritores.


A MAIOR FLOR DO MUNDO
de Adelaide Janela




O José Saramago observava as plantas, quando passou um carro que levava, o João, um menino e o pai. O pai parou o carro e viu uma árvore pequena e uma flor ao lado e tirou a árvore para a levar para casa.
O João viu um escaravelho e colocou-o numa caixa. O pai e o João voltaram para casa. Em casa, o João abriu a caixa e o escaravelho voou para trás do muro.
O João subiu o muro e viu uma grande lixeira, mas conseguiu ver o escaravelho, mas este voou outra vez para o outro lado do rio e o João passou por um tronco e passou por uma floresta. Na floresta passou por um campo de flores e seguiu uma borboleta.
O João parou e viu que não havia árvores, nem plantas, apenas uma flor murcha, estava triste porque o pai tirou a árvore pequena.
O João lembrou-se do rio, foi até lá buscar água e deitou-a à flor e ela ficou com 13 metros. O João, cansado com o seu trabalho adormeceu e a flor deixou cair uma pétala para o cobrir.
O pai e a mãe foram à procura do João e encontraram-no a dormir e acordaram-no, mas ficaram espantados ao ver a flor gigante.
O pai e mãe chamaram todas as pessoas para admirarem a beleza da flor.










A MAIOR FLOR DO MUNDO
de Miguel Luís

Numa tarde o escritor José Saramago estava a observar um escaravelho preto com o focinho amarelado, depois de o observar muito bem, tirou uns pequenos apontamentos sobre aquele escaravelho.
Depois o José Saramago olhou para a direita e viu um carro cor de rosa que se dirigia para um monte amarelo, o pai desligou o carro, abriu a porta e saiu. Logo a seguir o Filipe (o menino) também saiu do carro, o pai já estava em cima do monte com uma enxada na mão e começou a cavar.
O Filipe vê o pai arrancar aquela pequenina árvore, a única companhia da flor também pequenina. Enquanto o pai arrancava a árvore, o menino foi passear e encontrou o escaravelho que rebolava uma migalha de pão. O menino quis apanhá-lo e depois o pai chamou-o para ir para dentro do carro. Já dentro do carro o menino meteu o escaravelho dentro de uma caixa com oito buraquinhos para o inseto poder respirar.
Quando chegam a casa o Filipe abre a caixa que tinha lá dentro o bicho, mal abriu a caixa o escaravelho fugiu para um sítio que estava em obras. O Filipe saltou o muro, foi a correr atrás do escaravelho e passou pelo tronco e foi ter à floresta, depois subiu o mesmo monte amarelo.
Quando acabou de subir o monte, o Filipe viu uma flor, que, pelos vistos estava murcha.
O Filipe teve pena da flor e pensou, pensou e teve uma ideia, foi a correr ao rio buscar um bocado de água e deitou a água em cima da flor, foi outra vez buscar água e deitou mais uma vez em cima da flor e voltou a fazer o mesmo. Depois de deitar três vezes a água, a flor ficou gigante. Depois de tanto trabalho o Filipe começou a ter sono e acabou por adormecer. A flor gigante com muito amor e carinho, deixou cair a pétala gigante em cima do Filipe fazendo de cobertor ou manta.
Passado algum tempo, o pai e a mãe, viram que o filho não estava em casa e foram à procura dele, eles passaram pela ponte e foram ter à floresta, quando chegaram perto do monte viram o menino embrulhado na pétala.
O Filipe acordou e o pai, a mãe e o menino olharam, os três, para a maior flor do mundo. Depois foram a correr para contar a toda a gente aquela novidade. Então, todas as pessoas olharam para aquela flor que brilhava na luz do sol.














No dia seguinte, fomos à biblioteca ouvir a história que o José Saramago escreveu, contada pela professora Paula Moita da Oficina MEL e realizámos uma ficha de leitura. Comparámos, também, a história que escrevemos com a verdadeira história de José Saramago.

CARNAVAL

Este ano, o desfile de Carnaval, realizou-se no dia 18 de fevereiro, pelas ruas do Atalaião. Os alunos da nossa turma iam mascarados de índios. Estávamos muito engraçados!! Querem ver?


video

Ouri

Durante este período os alunos da nossa turma estiveram empenhados em aprender o jogo do Ouri. O desafio foi lançado pela Professora Vitorina da Oficina MIL e foi grande o entusiasmo de todos. Primeiro, foi necessário aprender as regras e construir o tabuleiro com materiais de desgaste(caixas de ovos). De seguida começámos a jogar. Na sala, temos realizado jogos com vários colegas para aperfeiçoarmos as estratégias do jogo. No final do 3º período temos, então, o campeonato da nossa escola.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Cantar aos Reis

No dia 5 de janeiro, à noite, a nossa turma participou no cantar aos Reis Magos, pelas ruas do Bairro do Atalaião, adorámos participar...



Dias antes, tinhamos estado a recortar e a decorar as nossas coroas.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Festa de Natal

No dia 15 de dezembro, realizou-se a festa de Natal da nossa escola. Todas as turmas fizeram uma apresentação para os colegas. Foi divertido, pois estávamos todos juntos no polivalente. No dia seguinte foi à sala a "Mãe Natal" oferecer uma prenda aos meninos.




Trabalhos de Natal

Ao longo deste mês, realizámos diversos trabalhos de Natal, aqui ficam alguns: